séries que amamos com vergonha

Sabe aquelas séries que amamos odiar? Pois é!
Sempre tem uma série que você diz que não curte, mas assiste. Foi assim que fiquei fisgada em Pretty Little Liars.

Agora é a hora de me zuar! Aproveitem!

É uma série super teen. A sétima e última temporada estreou agorinha nos EUA. No Netflix, tem até a quinta temporada, acho.
Eu tô na segunda ainda e não sei se aguento chegar no final, porque ela tem MUITO drama.

A série estreou em 2010 e conta a história de 4 amigas – Spencer Hastings, Aria Montgomery, Hanna Marin e Emily Fields. E posso falar? Já amo as 4. Elas ficam um tempo afastadas depois da morte da 5 amiga e líder do grupo, Alison DiLaurentis, e voltam a se reencontrar um ano depois quando começam a receber mensagens de texto misteriosas de uma pessoa que assina A.

É uma mistura de Gossip Girl com aquele mistério de How I Met Your Mother que dura eternamente + How to Get Away with Murder. Essa fórmula do mistério – em que nada nunca é revelado – me cansa um pouco, mas como curto muito as histórias paralelas, vou levando. E são muitas histórias paralelas.

Eu lembro de quando assistia Melrose Place. Tinha essa mesma sensação. Muitas coisas acontecendo em pouco tempo. E a história tem reviravoltas demais. Os casais quase não duram juntos, etc.
Ainda assim, tô curtindo meu guilty pleasure.

Em 2015, o jornal O Globo fez uma matéria sobre esse tipo de série.
Pretty Little Liars tá na lista. E olha o que eles dizem:

“Com um clima de filme de suspense dos anos 1990, a série tem uma das tramas mais confusas da TV americana. Desde a primeira temporada, quatro garotas tentam descobrir o responsável pelo desaparecimento da líder do grupo, Alison (Sasha Pieterse). Mas, para esticar o mistério, que já dura cinco temporadas (o Glitz exibirá a 3ª a partir de janeiro), a história dá voltas que nem sempre fazem sentido. Mas é justamente isso que faz a gente não desgrudar da TV: afinal, quem matou Alison? Apesar das situações surreais — não dá para acreditar que quatro estudantes do ensino médio se arriscam como detetives para desvendar um assassinato —, os ótimos figurinos das adolescentes fazem o espectador mergulhar de cabeça no universo teen.”

Quem nunca, né?

 

Author Description

Sem respostas para “séries que amamos com vergonha”

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado Campos exigidos estão marcados com *


*