quase morri no Bob’s

Eu morei 23 anos no Rio e nunca sofri um único assalto. Dizem que é uma das cidades mais violentas do mundo. Então, tive muita sorte né! Sendo assim, imagina o choque quando foi em Brasília que vive um susto daqueles que fazem o coração quase parar.

 

Era sábado. Morava em Brasília tinha uns 6 meses e ainda tinha poucos amigos. Meus finais de semana se resumiam a ver séries e filmes em casa. A grana na época era mais curta, mas sempre que rolava um luxo era com comida. Ou seja, as gordices eram planejadas e comemoradas.

Como toda carioca que se preze, eu amo o Bobs. Nem vem falar mal que a gente se ofende. Então, lá fui eu pro Bobs perto da minha casa. Programa muito bem idealizado.

Comprei meu trio Big Bob e tava com a minha sacola na mão quando começou uma gritaria na rua. E de novo, como toda boa carioca, não posso escutar gritos que já acho que é arrastão. Aí vieram os tiros. Me desesperei e pensei:

“Fudeu. Vivi tudo isso para morrer no Bobs, em Brasília.”

Ninguém quer morrer. Claro. Até pensamos nisso, porque faz parte da vida. Mas é um assunto delicado. Sempre tem maneiras mais sutis e respeitáveis até para enfrentar a tragédia.
Os cariocas me entenderiam caso eu fosse encontrada morta no Bobs. Mas em Brasilia, seria uma forte sem glória. Seria motivo de deboche nos grupos de whatsapp.
Sei que muitas pessoas acham que o Bobs é desperdicio de gordice. Iam falar: “‘nem para morrer comendo um

Hamburguer gourmetizado do food truck tal…”

Quer dizer, nao ia dizer isso porque na epoca food truck nem existia no brasil… mas ainda assim, Bobs nunca foi respeitado aqui, ainda mais depois que perdeu a exclusividade do milkshake de ovomaltine.

Aquela coisa de que a vida passa pelos nossos olhos instantes antes da morte é verdade. Eu só pensava que iria morrer sem dar uma unica dentada no meu sanduiche.

Depois de segundos interminaveis, a briga parou e ninguém morreu. Respirei fundo e sai agarrada na minha sacola. Fui tremendo até em casa. Cheguei em casa nervosa e quase não aproveitei o lanche.

Nao havia chegado a minha hora. Que bom!
Depois do trauma, essa historia ja foi contada algumas varias vezes em 5 anos que moro aqui. E o espanto maior nunca é com a minha seguranca e sim com o fato de eu ter lanchado no bobs.
“Mas por que mesmo você ia lanchar no Bobs?”

 

Author Description

Posts recentes

Sem respostas para “quase morri no Bob’s”

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado Campos exigidos estão marcados com *


*