o tempo pra cada pessoa

As pessoas adoram definir ~tempos ideais ~
Esses seriam os períodos mínimos permitidos para que algo aconteça. Então, por exemplo, o tempo mínimo para se apaixonar, o tempo mínimo para dizer eu te amo, o tempo mínimo para ser pedida em namoro, casamento, morar junto.

Mas quem define o tempo mínimo? Até hoje é o que é aceitável pela sociedade.
De novo, aquela velha mania de seguir a cartilha dos outros.

Ou seja, você precisa estar há pelo menos XX tempos com seu namorado para decidirem morar juntos ou se vocês estão ficando há mais de XX meses já deveriam estar namorando. E por aí vai. Se deixar, as pessoas ditam regras para tudo.

O que esqueceram de calcular é que o amor não tem tempo mínimo e não tem regras. Cada casal sabe onde o calo aperta e o que sente.

O amor é uma experiência única que vale ser vivida intensamente, sem cautela. Às vezes nos jogamos rápido demais e nos arrependemos, ok. Aprendemos. Às vezes não nos jogamos por medo. E perdemos. Ok, aprendemos. E às vezes, nos jogamos e somos felizes.

Se você acreditar no que sente, isso é mais do que suficiente para arriscar qualquer decisão.

Parem de julgar os relacionamentos alheios. Viva o seu relacionamento. Seja ele com você mesma, com o seu namorado, a três ou com quem você quiser.

 

 

Author Description

Sem respostas para “o tempo pra cada pessoa”

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado Campos exigidos estão marcados com *


*