o eterno dilema

topo_fitness

E aí, pessoal? Tudo bem com vocês?

em novembro do ano passado,  eu comemorei um ano de dieta e a minha volta às origens magras. Foi um ano de conquistas e muitas vezes de dramas e exageros #eusouassim. Faz parte do processo e eu aprendi muito com tudo isso.

É claro que em um ano de dieta, por muitas vezes ela perdeu a graça e me deixou cheia de vontade de fazer gordices. #confesso
E fiz quando achei que devia. Também faz parte!

Mas muito além do tédio convencional de uma dieta restritiva, há um problema maior: a estabilização do peso.

Quando comecei a dieta, estava pesando 76 quilos. Hoje estou com 56 quilos. Estou com esse mesmo peso há meses. Ele oscila no fim de semana, mas volta para esse patamar durante a semana, quando faço minha dieta direitinho.

Se estou satisfeita? Não 100%.
Queria emagrecer mais um pouquinho? Sim.

Mulher é sempre assim! #nãotemjeito

Hoje eu sei que se eu quiser emagrecer mais, terei que fazer muitos cortes e concessões. Meu peso já chegou mais ou menos no meu limite. Para perder mais, teria que abrir mão de algumas coisas, sendo a principal delas não sair da dieta fim de semana. E eu não sei se quero, cês entendem?

Então tenho vivido nesse eterno dilema: vontade de chegar aos 55kgs, mas ao mesmo tempo de comer meu japonês ou até hambúrguer no fim de semana. Então, como lidar?

Vocês vivem algo semelhante?
Contem aqui 🙂

Author Description

Sem respostas para “o eterno dilema”

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado Campos exigidos estão marcados com *


*