não deseje mudar alguém, deseje sonhar com alguém

topo_queridinhos

Esses dias eu escutei uma das frustrações mais clássicas do universo dos relacionamentos. “Eu pensei que ele poderia mudar com o tempo.”

A pessoa em questão namorava há 3 anos e tinha acabado de terminar o relacionamento porque o cara não queria casar. E ela queria. Pelo que ela contou, já tinham discutido inúmeras vezes por conta desse assunto e a última vez foi a gota d´água.

[O detalhe engraçado dessa história é que ela não é nem minha conhecida. Nunca vi seu rosto. Eu estava na cabine ao lado do salão de depilação e ela estava contando essa história para a depiladora dela. Esses lugares têm zero privacidade, eu não estava nem fazendo esforço para escutar.] Essa história, porém, resume relacionamentos.

Na verdade, ela não achou que ele fosse mudar com o tempo. Ela achou que ele fosse mudar por ela. 

É um erro achar que alguém pode mudar por outra pessoa.  Ninguém muda. E nem deveria mudar por uma pessoa. Por algum tempo nos meus relacionamentos, desejei que meus exs-namorados mudassem algo por mim, mas depois do meu último término, percebi que eu não quero mudar ninguém. Quanta responsabilidade. Eu quero encontrar alguém que tenha as afinidades que eu desejo. Por isso, a gente busca, experimenta, quebra a cara e segue em frente.

Aprendi que não podemos/devemos iniciar um relacionamento já desejando que alguém mude. Isso é o primeiro indício, bem claro e grave, de que as coisas não vão dar certo a médio longo prazo.

Se ele não quer casar e esse é o sonho da sua vida, pula fora. Se ele quer ter filhos e você não, pula fora. Essas são questões de vida que não têm meio termo e nunca terão uma solução boa para ambos lados. Duas pessoas que pensam diferente em relação a assuntos tão importantes não vão dar certo. A pessoa não vai acordar um dia simplesmente desejando profundamente ter filhos.

Se você mudar os seus sonhos por alguém será frustrada para sempre. Então porque achamos que podemos viver bem fazendo isso com outra pessoa?

Saí uma época com um cara mais velho que já tinha tido problemas em outro relacionamento porque ele não queria mais filhos. Direito dele. E eu dizia para ele que também não queria. E naquela época talvez estivesse em dúvida mesmo, mas me enganei por um tempo. Escondi meu desejo. Até desejei não desejar filhos porque estava apaixonada. Mas a realidade é que eu sempre quis ter filhos. Desde criança. E se ficássemos juntos, eu seria frustrada.

Essas não são decisões que as pessoas deveriam tomar para agradar o outro. 

Há coisas num relacionamento que são os chamados em inglês de “dealbreakers”. Se um cara não quer ter filhos, ele pode ser super apaixonado, mas ainda assim ele não vai querer ter filhos. E nem 20 anos juntos podem mudar isso. Os dois talvez se enganem achando que a questão não tem tanto peso, que o sentimento é mais importante. Mas isso sempre será o elefante branco na sala. O assunto desconfortável. O motivo de brigas.

Casar é a mesma coisa. São conceitos de vida. Na maioria das vezes, essas pessoas são claras desde o início. Emitem alertas ou até falam abertamente. Nós que optamos por nos enganar. Nós que achamos que o tempo muda tudo e pior, que o amor é capaz de gerar essas mudanças de ideais. 

Têm meninas que falam que não querem ter filho e escutam: “ah, quando você se apaixonar de verdade, você vai ver. Vai querer ter.”

Estar apaixonado não significa que você vai simplesmente ter vontade de ter algo ou viver algo que você nunca desejou. Não é mágica. Temos que parar de achar que a paixão e o amor resolvem tudo.

Tem coisas comportamentais que são mais flexíveis, claro. São hábitos que podemos ajustar para agradar a outra pessoa. Um relacionamento é um equilíbrio das vontades de cada um. Faz parte.

Uma das principais coisas que aprendi com meus términos de namoro é que sempre mudamos para melhor depois. Acredite: tudo que você reclamava do seu ex, agora ele faz. Talvez ele pense a mesma coisa de você.

No meu último relacionamento, brigávamos muito por hábitos diferentes. Eu era diurna e ele noturno. Eu queria que ele me acompanhasse nos treinos de corrida e ele queria que eu acompanhasse ele sexta à noite na mesa de bar. Não foi por isso que não deu certo, mas hábitos diferentes não contribuem. Se não houver vontade de equilibrar as coisas, vocês nunca ficarão satisfeitos.

Hoje ele corre meias maratonas e muitas vezes eu saio para festas na sexta. Hoje ele certamente sabe mais de uma casa do que quando começamos a morar juntos. A próxima namorada dele se beneficiará com uma versão melhorada do meu ex-namorado.

O mesmo vale para o próximo cara que eu namorar. Ele será uma versão melhorada depois do último fim de namoro dele e eu também.  Tenho a impressão que criamos os ex-namorados para o mundo. Namoramos, terminamos e oferecemos algo melhor para o mundo. Na verdade, relacionamentos são aprendizados e por isso, melhoramos após cada fim. 

Com o tempo aprendemos a escolher melhor, aprendemos a entender melhor, a respeitar mais, a conviver melhor, a explicitar melhor nossas vontades. O amor é um ciclo. O que não deu certo pra você, dará para outra pessoa. E assim por diante. São os encontros da vida.

Por isso, devemos buscar pessoas com os mesmos desejos e sonhos.

Para dar certo, é preciso estar na mesmíssima sintonia. Desde querer namorar até querer construir família. Se há um diferencial tão claro entre as duas pessoas daquela relação é evidente que futuramente isso vai refletir. E aí a frustração é maior ainda.

Um casal tem que ter vontade de sonhar juntos. E hoje quando penso em estar num relacionamento, penso que quero alguém que me some e que principalmente sonhe os meus sonhos e deseje compartilhar os dele comigo.

Se um dos meus sonhos é ser mãe, tenho que estar com um cara que sonha em ser pai. Não pode ser um desejo pela metade ou um desejo do tipo “eu quero se você quiser”. 

Se um dos meus sonhos é casar, ele tem que querer estar me esperando no altar. E não porque eu quero, mas porque ele sempre quis. O mesmo vale para todos os outros sonhos da vida. Sejam eles quais forem. Temos que estar de mãos dados desejando tudo juntos.

Author Description

Sem respostas para “não deseje mudar alguém, deseje sonhar com alguém”

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado Campos exigidos estão marcados com *


*