lovemojitos entrevista…

topo_queridinhos

Marília Siqueira: a criadora da marca Sow Acessórios, que produz gargantilhas artesanais.

Publicitária, 24 anos e com marca própria. Marília é mais um case de sucesso na sua família de empreendedores.
Criativa e habilidosa, ela não queria ser só mais uma marca de acessórios no mercado e revender produtos de fora. Por isso, ela decidiu investir na cultura artesanal.

chocker 3

1. Love Mojitos: Como surgiu a Sow Acessórios?
A Sow surgiu da minha inquietação e do meu gosto pela criação. Comecei invetando algumas gargantilhas porque achava que não havia muitas opções diferenciadas no mercado. Mostrei para as minhas amigas, várias se interessaram e quiseram comprar. Toda a semana pensava em modelos diferentes e poder idealizar uma peça e vê-la pronta me deixava muito feliz. A partir disto resolvi criar a marca e fiz um perfil no Instagram para sentir a aceitação de outras pessoas. Em pouco tempo comecei a ter seguidores que não eram as minhas amigas e comecei a receber encomendas, até mesmo de meninas de outros estados. Isto era um bom sinal e foi o que me deu segurança para seguir com a minha ideia.

2. Love Mojitos: Sempre quis ter uma marca própria? Cresci numa família de empreendedores e isto me motivou a querer ter o meu próprio negócio. Sempre me fascinou a possibilidade de criar uma marca que tivesse a minha cara, onde eu colocaria toda a minha energia para dar certo.

3. Love Mojitos: Por que optou por trabalhar essa ideia da cultura artesanal? Quando criei a marca pensei que não queria ser mais uma no mercado e muito menos revender acessórios prontos vindos de outros países. O que me motiva é a criação; pôr, de fato, a “mão na massa” e ser original. Além disso, sempre me interessei por trabalhos manuais. Gosto de costurar, customizar e sempre que vejo uma feirinha de artesãos na rua, corro para ver o trabalho destas pessoas. Pensando nisso quis fazer com que a Sow fosse responsável por levar adiante esta cultura artesanal, que muitas vezes não é valorizada. Ano passado criei três coleções em parceria com outros artesãos e para mim isso é muito gratificante, pois consigo co-criar com verdadeiros artistas, acostumados a trabalhar com técnicas que eu não domino. Além do caráter handmade eu procuro ter nas minhas criações o mínimo possível de impacto na natureza, inclusive uma das primeiras linhas que eu criei foram de gargantilhas forradas com tecidos reutilizados. Gosto muito deste modelo e pretendo seguir pensando de forma sustentável e reaproveitando excedentes como tecido e couro.

chocker 4

chocker 2

4. Love Mojitos: Quais são seus planos para 2016 para Sow? Hoje a Sow concentra a sua produção em gargantilhas e colares, ao longo deste ano pretendo aumentar o meu mix de produto e fazer peças cada vez mais exclusivas e diferenciadas. Para este ano também quero expandir meus canais de venda, principalmente através da criação de um e-commerce da marca e, é claro, seguir disseminando a cultura artesanal e podendo conhecer mais pessoas legais (clientes, fornecedores, parceiros…) como em 2015.

5. Love Mojitos: Quais suas inspirações na moda? O que me inspira na moda não é um estilo específico e nem um ícone em especial. Gosto de misturar estilos, cores, texturas e me vestir de um jeito que eu me sinta bem. Posso dizer que tenho um carinho especial pelo estilo boho e um pouco de influência hippie. Amo franjas, estampas tie dye, batinhas, medalhas, rendas, estampas étnicas… Enfim é uma mistura de elementos que fazem com que eu me sinta confortável.

6. Love Mojitos: Qual acessório é indispensável para você? Num look. Amo gargantilhas! Sempre usei desde criança e não é à toa que foi o início da minha marca. Pra mim é indispensável.

COLAR 2

Author Description

Posts recentes

Uma resposta to “lovemojitos entrevista…”

  1. 6 de maio de 2016

    Kátia Menezes Responder

    Gratidão pelo conteúdo

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado Campos exigidos estão marcados com *


*