lovemojitos entrevista…

O casal Ana Carolina e João Venâncio, donos da marca Nosso Cookie. 

Apaixonados por cozinha, os dois adoram fazer experimentos gastronômicos juntos. Numa dessas, surgiu a ideia do cookie. Eles adaptaram uma receita e começaram a comercializar. Apesar de terem pouco tempo no mercado de Brasília, sonham alto: querem que o Nosso Cookie se torne referência entre os moradores da cidade.

Ana Carolina tem 24 anos e é formada em arquitetura. Atualmente, ela divide as tarefas da marca de cookies com as de um escritório. Já João é formado em jornalismo, mas trabalha na área financeira e institucional de suas empresas de acupuntura.

“O nosso cookie surgiu porque é feito por nós, como casal. E quem sabe amanhã pode ser uma comida de Brasília como a pizza Dom Bosco, por exemplo, que é uma marca da capital”, afirma João.

E gente, posso falar? O cookie é mesmo delicioso. Tem um sabor caseiro, de coisa fresca, sabe? Fiquei completamente apaixonada.
Quem quiser conhecer:

Instagram: @nosso.cookie
Facebook: /nossocookie

Lovemojitos: Por que a escolha de trabalhar com cookie? Digo isso porque no Brasil cookie não é uma sobremesa tão comum.

Nós temos o costume de ir muito a essas feiras livres. A oferta de doces não sai muito ali do BBB: brownie, brigadeiro e bolo. Talvez o mais “incomum” que pode se encontrar é o cupcake ou bolo no pote, mas que ainda é bolo. Observamos a falta de oferta de cookies na cidade que se transformou em uma oportunidade para nós.

Lovemojitos: A receita é inspirada em alguma receita de família?

Não. Cookie não é algo tradicional do Brasil, por isso acho difícil que se encontre uma receita familiar para esse doce. Vimos uma receita na internet, por curiosidade, somente para ter uma sobremesa e ficou muito boa. Porém, ela ainda estava incompleta em vários sentidos para ser comercializada. Fizemos algumas alterações importantes na receita e, depois de vários testes, chegamos ao cookie que é hoje nossa aposta para venda.

cookie1

 

Lovemojitos: Quais os planos para marca?

Se estabelecer como o melhor cookie de Brasília. Claro que isso são bons degraus para se caminhar, mas é o que queremos. Nosso próximo passo é estar cada vez mais em feiras, exposições para torná – lo conhecido.

Lovemojitos: Como funcionam as vendas?

As vendas funcionam de duas formas. Vamos às feiras, eventos que têm um grande público e também por encomenda. E nosso principal canal é o Instagram. Anunciamos onde vamos vender, negociamos as encomendas e até marcamos entrevista por ele rs. Também temos contato pelo whatsapp, facebook e e-mail para vendas, tirar dúvidas dos clientes e todo tipo de uso comercial que uma rede social oferece.

Lovemojitos: Há planos de expandir a produção?

Sim e muito em breve. Temos planos para os públicos que tem pouca oferta de doces como os veganos, por exemplo, e incluir novos sabores de cookie. Mas tem mais também, iremos além dos sabores. Vamos anunciar tudo pelas nossas mídias sociais, só acompanhar a gente.

Lovemojitos: E o gosto pela cozinha, como surgiu?

Nós somos um casal com gostos muito parecidos. Somos caseiros, curiosos e gostamos muito mesmo de comer rs. Cada um já tinha gosto pela cozinha, que ganhou mais força depois que nos conhecemos, porque cozinhar pode ser também uma interação entre pessoas. E descobrimos que cozinhar juntos é prazeroso. Numa dessas, surgiu o cookie…

 

 

Author Description

Posts recentes

Sem respostas para “lovemojitos entrevista…”

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado Campos exigidos estão marcados com *


*