expectativas

topo_queridinhos
A humanidade tem um problema grave, talvez fonte de outros tantos problemas. Ele se chama expectativa. Acho que 9 em cada 10 casos amorosos frustrados tem a expectativa como causador do problema.

Conhecem aqueles memes que rodam a internet de expectativa versus realidade? É a vida em resumo.

A questão central é: todos sabemos que não devemos criar expectativas em excesso, pois elas são o repositório das grandes frustrações, mas vamos lá e criamos.

É engraçado que os homens se resguardam com a frase clássica: “ah, mas eu deixei claro para ela que não podia criar expectativa.”

Eles falam isso para meninas logo de cara e pensam: “ah, eu avisei.”

Deixa eu te contar um segredo: Não adianta nada falar isso. A expectativa é criada a partir do momento que alguém te chama para sair pela primeira vez. E isso não é porque a mina é maluca ou ansiosa, é porque é inevitável. É natural. É automático. É humano.

Sabe quando fazemos algo na esperança de receber alguma coisa de volta? Pois é. Sempre. O erro primário do ser humano está aí.

Faça porque você tem vontade de fazer. Ame porque você tem vontade de amar. Cuide porque você tem vontade de cuidar. Não espere receber de volta na mesma quantidade ou intensidade. Isso não é um campeonato. As pessoas têm tempos e maneiras diferentes.

Claro que é molé falar isso, mas na prática é bem diferente.

Por mais que assumidamente digamos que não, sempre há no fundo um desejo essencial que nos guia e que nos faz esperar por uma troca. Pronto. Tá criada a expectativa, que será quase que 99% das vezes frustrada.

Vou usar uma história minha pra ilustrar. Eu queria – esse era o motivo que eu admitia – encerrar um rolo com um cara aí. Tem um tempo isso. Na minha onda de fechar gestalts (já falei disso aqui), eu mandei um email colocando um ponto final. Até aí, tudo bem. Ou não, né? O melhor teria sido pessoalmente, mas tava complicado até pra isso. A historinha que contei para mim era que não me importava se ele respondesse ou não, só queria me libertar daquele sentimento.

Eu sou essa pessoa que precisa encerrar tudo. Não gosto de deixar nada em aberto.

Ou seja, deveria ficar aliviada caso ele não respondesse, né? Afinal para que prolongar isso?

Errado. Já tinha obviamente gerado uma expectativa em mim. Resultado: meu desejo essencial, que era que ele respondesse da forma como eu idealizei, se frustrou. Ele respondeu, mas lá do jeito dele.

A vida é uma cadeia de ação e reação. E consequentemente, criação de expectativas e frustrações. Porque nossas expectativas serão sempre superiores ao resultado real das ações dos outros.

Eu estou tentando aprender, na base dos erros e acertos, que preciso entender o tempo das coisas para não criar expectativas demais. Queria que o tempo passasse de uma forma mais suave para mim. Não queria que isso fosse uma preocupação. Tem coisas que são lentas e tudo bem.

As coisas não nascem prontas. Elas não nascem decididas. Elas não nascem sacramentadas. Tudo isso é um processo. E qualquer processo exige paciência. E paciência e expectativa não andam juntas. Quando criamos expectativa, nós passamos a trabalhar no nosso próprio ritmo. E aí, ferrou!

E se tem uma coisa que é quase impossível de me pedir é ser paciente com o tempo. Eu interrompo as coisas com medo de sofrer. Eu aborto as missões com medo de quebrar a cara. Na ansiedade de me sentir mais leve, eu exijo uma posição. E ultimatos, por mais que não sejam ultimatos formais, nunca são bons.

As pessoas têm ações e reações diferentes. Não dá para esperar delas uma reação que teríamos ou que gostaríamos que elas tivessem. Cobrar isso é outro erro.

Uma coisa que aprendi na solteirice e vou levar pra vida é que as melhores saídas são sempre as despretensiosas. Você não tá esperando nada daquela noite e aí é do caralho. Não pense muito, não se prepare muito. Viva, se permita e as coisas vão fluir.

A expectativa é o erro e acerto da alma. Temos expectativa quando gostamos de algo e isso é bom, nos move. Mas também é ruim. Aí vem a expectativa frustrada, que é a vida, te dizendo que não adianta fazer planos e ficar ansiosa. O tempo passa igual. O tempo também tem o seu tempo.

Author Description

Sem respostas para “expectativas”

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado Campos exigidos estão marcados com *


*