entrevista com maratonista 2

Hoje trouxe mais uma história inspiradora para os leitores do blog. Quem me acompanha sabe que estou treinando para minha primeira maratona este ano em Porto Alegre. Mais precisamente dentro de 2 meses.

E seguir no instagram corredores é sempre muito bom para se motivar.
A Valentine Carvalho, 26 anos, é uma pessoa que sigo há mais de um ano já e sempre me ajuda.

 

Ela começou a correr em 2013 e desde então já completou 2 das maiores provas do mundo, em Chicago e NY. Atualmente, se prepara para correr a maratona de Boston.

LoveMojitos: Como surgiu esse interesse pela corrida? Você já praticava outros esportes?
Sempre gostei muito de esportes e desde nova sou muito ativa. Dancei ballet minha vida toda, já joguei futebol, tênis e mais tarde na vida comecei a criar gosto pela corrida. Meu irmão mais novo já havia corrido duas maratonas e minha irmã uma meia maratona, ambos na Disney. Lá, depois de receber os dois na linha de chegada, comecei a querer participar daquilo também. Quando comecei a correr, minha ideia era fazer os 10km da Disney, mas depois da minha irmã mandar eu “criar vergonha na cara e treinar pra fazer os 21km”, não tive muita opção! E assim tudo começou… Comecei a treinar mesmo no segundo semestre de 2013 e em novembro fiz uma meia em Brasília, que usei como treino para em janeiro fazer minha prova alvo: a meia da Disney.

LoveMojitos: Como é sua rotina de treinos?

Treino 4x por semana.

– Segunda: regenerativo

– Terça: intervalado

– Quarta: tiro

– Sábado: longão

LoveMojitos: Você já correu quantas maratonas? Como foi a 1 experiência correndo uma maratona? Qual foi a maratona mais memorável?
Minha primeira maratona, assim como minha primeira meia, não podia ser em lugar diferente: Disney! Me inscrevi para a maratona da Disney, que aconteceria em Janeiro 2015. Logo antes de começar meus treinos, me deu a louca e ao invés de fazer “só” a maratona, troquei minha inscrição para o Desafio do Pateta, onde você corre 21km no sábado e 42km no domingo. E assim foi minha estréia em maratona, correndo 21km na véspera dos 42km, completando ambas as provas muito, mas muito feliz! Cada maratona tem sua história, difícil dizer qual foi a mais memorável. Minha primeira maratona foi incrível! Estava correndo no meu lugar preferido do mundo, com a pessoa que mais amo no mundo! Corri mais que a metade da prova com meu irmão e estava extremamente feliz por estar vivendo aquilo pela primeira vez. Minha segunda maratona foi em Chicago, em outubro de 2015. Essa talvez tenha sido a mais memorável pela dedicação e determinação que eu tive. Coloquei na minha cabeça que lá eu queria qualificar para a maratona de Boston, que para participar, exige índice de tempo por faixa etária. Durante a prova, mil pensamentos na cabeça, hora pensava que fosse conseguir, hora pensava que seria impossível, mas conclui a prova dentro do tempo esperado, com 3:31:04, e consegui a qualificação para correr Boston em 2017! Três meses depois de Chicago, em Janeiro de 2016, corri o Desafio do Dunga na Disney, que são 78km divididos em 4 dias seguidos: 5km quinta, 10km sexta, 21km sábado e 42km domingo. Correr na Disney é muito especial para mim, foquei na meia maratona para tempo e as outras provas fiz curtindo cada km mágico! A maratona foi diferente de todas que eu já fiz, super tranqüila e divertida, sem preocupação nenhuma, pois corri com uma super amiga do começo ao fim, conversando a prova toda, parecia treino! No ano seguinte, fui sorteada para a maratona de NY, que aconteceria em Novembro de 2016. Falavam muito da dificuldade da prova devido às inúmeras subidas das pontes e aquilo me preocupava um pouco, pois não gosto de subida! Como eu já havia conseguido minha meta no ano anterior, queria fazer NY curtindo a prova, num ritmo confortável. Acontece que tudo fluiu muito bem e o ritmo encaixou de um jeito que até hoje não sei explicar. Talvez devido à falta de cobrança que eu estava comigo mesma, fiz a prova feliz e sem sofrimento, e no final a surpresinha, qualifiquei de novo para Boston! Estava então qualificada para correr Boston em 2018 também. Agora estou a 2 semanas da tão esperada maratona de Boston, que será minha quinta maratona. Ansiedade já está tomando conta!!!

LoveMojitos: O que você acha que te motivou a correr?
No começo fui motivada pelos meus irmãos, como já mencionei acima. Mas depois de cruzar a linha de chegada da meia da Disney, vi que nunca tinha sentido nada igual aquilo! Desde então nunca mais parei de correr e hoje o que mais me motiva é simplesmente ver e saber o quão esse mundo doido da corrida me faz bem!

LoveMojitos: Qual é a sua relação com a corrida?
A corrida pra mim virou um estilo de vida. Treino porque gosto, me inscrevo pra maratonas porque tenho um prazer enorme em completar cada uma delas e criei vínculos com pessoas que se tornaram muito próximas de mim devido à corrida. Sou outra pessoa desde que comecei a correr e sei que por tempo indeterminado a corrida vai continuar sendo a melhor coisa que aconteceu na minha vida!

LoveMojitos: Dizem que os treinos para maratona são muito desgastantes. Você concorda?
Sim. Treinar para maratona demanda tempo, vontade e abdicação de certas coisas por determinado período. Não tem como falar que correr 60 km por semana não seja desgastante, que acordar no sábado as 5h da manhã e correr por 3-4 horas seja algo “tranqüilo”, realmente não é. Mas tudo é questão de fazer as coisas corretamente. Não falto treinos, faço a musculação adequada para fortalecimento (fundamental!) e sigo minha planilha à risca, sem inventar treinos da minha cabeça. Tudo isso contribui para que o ciclo de treinos para maratona seja feito da melhor forma e dentro dos seus limites.

LoveMojitos: Se você pudesse dar um conselho para quem está treinando para maratona, qual seria?
Seguir a planilha! Na verdade, acho que faz maratona quem quer, e só da pessoa já querer aquilo, é o primeiro passo. É importante ouvir seu corpo e saber que está treinando direito, mantendo a musculação em dia, porque quem só corre e acha que não precisa da musculação acaba pagando o preço depois (já aconteceu comigo!). Ter uma alimentação adequada influencia totalmente nos treinos e performance, portanto é importante ter um acompanhamento nutricional para que tudo seja feito da melhor forma. E principalmente, curtir os treinos! É uma fase que requer dedicação, dormir bem nas noites anteriores aos longos e se alimentar bem, mas fazendo tudo direitinho, não tem erro! Depois que passa sentimos falta e ficamos contando os dias para a próxima!

LoveMojitos: Você já correu em muitos lugares diferentes. Ainda tem uma maratona que seja dos sonhos?

Meu maior objetivo e sonho com a corrida é completar as “World Marathon Majors”, que são as 6 maiores e mais famosas maratonas do mundo. Ao completar a 6a, você ganha uma medalha especial com as 6 medalhas, uma de cada maratona: Tokyo, Boston, Londres, Berlim, Chicago e Nova York. Já fiz Chicago e NY, e em 2 semanas farei Boston. Ano que vem farei Berlim, e assim sigo em busca das 6 majors até completar todas.


 

Author Description

Posts recentes

Sem respostas para “entrevista com maratonista 2”

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado Campos exigidos estão marcados com *


*