alimentos que ajudam

topo_fitness

Ontem, na tentativa de achar algo interessante para o post de hoje no blog, uma amiga me passou um link da Vogue super interessante.
Nele, a nutricionista Carolina Favaron aponta alguns alimentos para diminuir a fome, sem deixar o fator saudável de lado.

São eles:

>  A aveia melhora o funcionamento intestinal e a absorção de nutrientes, além disso, é fonte de betaglucana, uma fibra alimentar que aumenta a saciedade. Pode ser consumida com frutas, iogurte, em bolos, pães, tortas.

Um excelente pré-treino é banana amassada com aveia!

> O Goji berry é rico em nutrientes e antioxidantes, entre eles a vitamina B6, que participa da formação de serotonina, uma substância relacionada com o bem estar diminui a compulsão alimentar. A fruta também tem ação termogênica, ou seja, aumenta o gasto calórico e pode ajudar na queima de gordura. Pode ser consumido com salada de frutas, iogurtes ou batidos em sucos naturais.

Confesso que nunca comi e não tenho muita curiosidade, mas quem sabe agora é a hora de mudar isso?

> O óleo de coco possui ação termogênica, aumentando a oxidação de gorduras, principalmente quando associado à prática de exercícios físicos. Outra dica: pode ser consumido na forma de cápsulas ou na forma in natura, utilizado como substituto de outros óleos comuns, como o óleo de soja, no preparo de alimentos, ou adicionado em shakes, smoothies e vitaminas.

Já falei dos benefícios do óleo de coco aqui. Quem usa?

> A biomassa de banana verde, item popular entre as fãs do mundo fitness, é rica em nutrientes como vitaminas e minerais, e amido resistente, além de ajudar no controle do colesterol e do diabetes. Pode ser adicionado em shakes e vitaminas de frutas.

Também nunca usei, mas tenho vontade de comprar. No entanto, não acho ela muito prática. =S

> A melhor parte deixei para o final. Para as que não dispensam um doce, o chocolate amargo, acima de 50% de cacau, apresenta muitos benefícios para saúde, como controle da pressão arterial e prevenção de doenças cardiovasculares.

Vale a pena ressaltar que com todos esses alimentos é preciso ter controle. Ser saudável não significa necessariamente pouco calórico.

Anotaram?

Author Description

Sem respostas para “alimentos que ajudam”

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado Campos exigidos estão marcados com *


*